Recent

Mais de 100 pessoas foram internadas no Hospital, em Serra Talhada-PE, com sintomas de diarreia, febre e dores abdominais

Diarreia, febre, dor abdominal, vômito e dor de cabeça. Estes são os sintomas que vem causando preocupação para os cidadãos de Serra talhada e região, por conta de um quadro parecido com o da Dengue, que está se alastrando e que pode ter alguma relação com a mosca doméstica. Tudo leva a crer que se trata de uma virose comum desta época.

De acordo com o setor de Epidemiológico do Hospital Regional Agamenon Magalhães (Hospam) cerca de 104 pessoas foram internadas com quadro de desidratação, diarreia, febre e dor de cabeça só esta semana, desde domingo (23), a maioria delas de Serra Talhada, mas também de outros municípios como Flores, Calumbi, Santa Cruz da Baixa Verde e Triunfo.

Segundo o hospital, os adultos são hidratados com soro e medicação, fazem exames e posteriormente, após algumas horas, recebem alta. Já as crianças ficam internadas em torno de 4 a 5 dias na enfermaria.

O médico Roberto Vieira, que também atende no Hospam, falou a respeito dos sintomas. Segundo ele, de acordo com exames feitos em idosos, os casos típicos de viroses comuns.

“Essa enfermidade não vem da mosca, mas é bom evitar que elas pousem nos alimentos e não tem nada a ver com Coronavírus, isso é uma outra coisa. A população pode ficar tranquila. Essa enfermidade, de acordo com exames de hemogramas e epidemiológico, é mais uma virose e a forma de contágio não é bacteriana/respiratória, mas via oral como saliva e alimentos contaminados, e falta de higiene. Então, recomendo que a pessoa infectada beba muita água, se hidrate e evite aglomerações de pessoas pelo menos por enquanto, e lavar sempre as mãos”, alertou Roberto Vieira.

Nenhum comentário