Recent

Lagarto-SE: Sob suspeita de superfaturamento e nepotismo, prefeita Hilda Ribeiro ignora o MPE

 

Denúncias feitas ao Ministério Público de Sergipe provocaram solicitações de informações à prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro.

As denúncias apontam que a prefeita teria superfaturado a compra de álcool em gel durante a pandemia. Sem licitação, o que é permitido em momentos específicos, o município comprou o quilo do álcool em gel por R$ 35,00, mas documentos do MPE comprovam que no município há estabelecimentos que comercializavam o produto por R$ 17, 00.

Além disso, a prefeita está sob suspeita de nepotismo. Vários cargos em comissão, que atuam hoje na prefeitura de Lagarto seriam parentes da prefeita.

Sobre essas questões, o MPE solicitou explicações mais de uma vez, mas foi ignorado.

Nenhum comentário