Recent

Guarda Municipal é preso por tentativa de homicídio contra colega de trabalho, em Serra do Ramalho-BA

O guarda civil municipal, identificado como Josevaldo Marques dos Santos, vulgo “Meia Noite”, de 41 anos de idade, foi preso na noite do último domingo (18/11), acusado de tentativa de homicídio contra o seu colega de trabalho, Florêncio Fulgêncio da Silva Júnior, que atua como Subcomandante da Guarda Municipal de Serra do Ramalho, no oeste baiano. Conforme Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Territorial de Bom Jesus da Lapa (BA), o fato teria ocorrido na madrugada de domingo (18/11).

Segundo consta no BO, que o Portal Vilson Nunes teve acesso, a vítima realizou um show musical no Parque de Vaquejada, no dia anterior e, ao retornar para a sua residência, situada na rua Santa Rita, no centro do município, o acusado armou uma emboscada para ele. Em depoimento à polícia, Florêncio afirmou que, o suspeito se escondeu atrás de um carro velho, que fica estacionado em um terreno baldio, nas proximidades da sua residência. Em seguida, assim que a vítima desceu do veículo com a esposa, dois filhos menores e mais três pessoas, inclusive um cantor que é deficiente visual, o acusado efetuou vários disparos de arma de fogo contra o denunciante, tendo atingido o portão da residência.

Procurado pela reportagem, a vítima informou que, o detido começou a persegui-lo, após o mesmo se negar à ajuda-lo em uma confusão em que o acusado se envolveu com um policial civil. Além disso, a rixa se intensificou, depois de uma punição recebida pelo referido guarda, após a instauração de uma sindicância administrativa por conta de irregularidades que o mesmo cometeu. Conforme a vítima, o mesmo indivíduo já tentou contra a sua vida, no mês de setembro de 2017, também fazendo disparo de arma de fogo, mas por sorte ele não foi alvejado.

Na ocorrência registrada, além do nome do subcomandante, constam os nomes de mais 6 (seis) pessoas que estavam no momento dos disparos de arma de fogo.

Preso na Agrovila 9, Josevaldo foi apresentado na sede da Delegacia de Bom Jesus da Lapa, onde está à disposição da justiça. A arma que supostamente foi utilizada por ele não foi encontrada.

Nenhum comentário