Recent

Jeremoabo-BA: Deri do Paloma enfrenta primeira derrota na justiça; liminar suspende 'Licitação Fraudulenta' e contratos do transporte escolar

Justiça Federal concede liminar e suspende pagamentos a empresa de transporte escolar por fraude em contrato com o Governo Deri do Paloma em Jeremoabo/BA.

Por essa Deri do Paloma(PP) e sua equipe e vereadores de base aliada não esperavam. Após descumprir o termo de juramento e posse, o prefeito recém empossado do município de Jeremoabo/Ba, Derisvaldo José dos Santos, após fazer um discurso ensaiado, PROMETENDO EXERCER COM DEDICAÇÃO E LEALDADE O SEU MANDATO, RESPEITANDO AS LEIS E PROMOVENDO O BEM ESTAR DO MUNICÍPIO, embora não vem sendo cumprido o respeito a constituição. Seus atos obscuros e erros são assistidos com aval daqueles vereadores que muito COMBATIAM A CORRUPÇÃO em programa de rádio apresentado semanalmente. HOJE os vereadores, Professor Ivande, o líder do governo, Neto irmão de Deri, e Jairo do Sertão, que tanto pregavam a honestidade e respeito em defender o erário público, estes se silenciam diante da podridão e das regalias do desgoverno Deri do Paloma apoiando o indefensível.

Após ação popular ajuizada pela bancada de vereadores da oposição através dos advogados Dr. Idalécio Lima e Drª. Michelly Varjão, Deri do Paloma tem uma de suas primeiras batalhas perdida. Dentre vários motivos elencados na decisão que suspendeu o contrato, estão a fraude em licitações, o superfaturamento, e a desobediência à diversos regramento legais.

Infelizmente, o prefeito que seria a mudança, agora representa Jeremoabo no cenário das passagens mais negativas da mídia. Esperamos, que de agora em diante o prefeito tome o rumo das coisas, e consiga levar sua administração dentro da legalidade, pois, no parecer da procuradoria federal, pôde-se depreender que a prisão não é algo tão distante para quem age dessa forma na administração.

De forma categórica e acertada, a oposição fez seu papel, e os vereadores, livraram a população de gastos exorbitantes, que seria, nos dizeres da procuradoria federal, jogar dinheiro no lixo.

Ao se analisar os extratos de pagamento do site eletrônico do TCM/BA, extrai-se que o Município de Jeremoabo/BA efetuou, até o presente momento, o pagamento de R$ 797.131,25 à empresa durante a gestão Deri do Paloma que completa menos de 155 dias.


Isto posto, certo da presença dos requisitos autorizadores, defiro a liminar requestada para  determinar a suspensão , no prazo de 10 (dez) dias, dos efeitos do contrato nº 027-D/2018, firmado pelo Município de Jeremoabo/BA com a empresa MELQUISEDEC ALUGUEL DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA.ME, bem como a imediata suspensão do Pregão Eletrônico nº 001-D/2018.

Blog Conexão Verdade -  Informação além da Notícia!

Nenhum comentário