Recent

Presidente da Câmara de Lagarto(SE) Eduardo de João Maratá; é preso por desacato a PM


O presidente da Câmara de Vereadores de Lagarto, Carlos Eduardo Pereira de Santana, conhecido como Eduardo de João Maratá, foi preso na tarde desta quinta-feira, 5, acusado de desobedecer policiais militares durante uma audiência no Fórum de Lagarto.

De acordo com informações da PM, o vereador participava de audiência de instrução envolvendo um grupo acusado de assalto, mas desobedeceu à orientação de um sargento da PM, que seguindo ordens do juiz, determinou que as partes do processo aguardassem a coleta dos depoimentos em locais separados para evitar possíveis intimidações.

Os policiais do 7º Batalhão da PM foram acionados para auxiliar o sargento e novamente orientaram o vereador. Em resposta ele teria dito que “no fórum não existe lugar marcado para sentar e eu sento onde eu quiser” e que só sairia do local com seu advogado. O vereador, que era testemunha de defesa, foi detido por desobediência e levado à Delegacia Regional de Lagarto. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse que ele foi ouvido e liberado.

O vereador Eduardo de João Maratá conversou com o Portal Infonet e negou ter desobedecido às ordens do policial.O vereador explicou que o policial, de forma grosseira, ordenou que ele saísse do local e que sem entender a situação, ele saiu, mas voltou novamente. O policial, segundo o vereador, também teria voltado ao local, questionado o por que da sua presença ali e dito que ele estava coagindo as vítimas. O vereador disse que mais uma vez perguntou o por que da situação e que saiu do local quando viu o sargento ligar para a Polícia. Eduardo disse que participou da audiência normalmente e que ao sair foi abordado pela guarnição da PM e não se negou a acompanhar os policiais.

O vereador registrou um boletim de ocorrência por abuso de autoridade contra o sargento da PM e disse que vai levar o caso à Corregedoria da PM.

Por Verlane Estácio

Nenhum comentário