Recent

Família recusa e prefeito Eures Ribeiro pede apoio policial para transferir paciente com suspeita de covid-19


A transferência de um paciente com suspeita de coronavírus em Bom Jesus da Lapa, no oeste baiano, para um leito de UTI em Barreiras, na mesma região, poderá ser feita com apoio de escolta policial. A família do rapaz resiste em autorizar que ele seja levado para uma unidade de atendimento em outra cidade e entrou em queda de braço com o prefeito Eures Ribeiro (PSD).
Em áudio enviado por WhatsApp, o gestor avisa que pedirá apoio de escolta policial para garantir que o paciente seja transferido. "O estado dele é grave e precisamos transferir. É uma questão de saúde pública. Veja como é difícil ajudar as pessoas no meio dessa doença. Muito me admira o que está acontecendo. Era para a família estar exigindo de mim uma vaga de UTI e não ter esse tipo de atitude", diz Eures Ribeiro.
O prefeito pede a compreensão da família para que facilite a transferência do paciente. "Estamos tentando salvar a vida do paciente. Não cabe à família escolher. Se os parentes acham que seja qualquer outra doença e não seja coronavírus, ainda assim, deve deixar que a gente tente salvar a vida dele". Eures Ribeiro afirma ter sido, inclusive, desrespeitado por parentes do rapaz. "Não pode ter esse tipo de atitude grosseira e mal educada", avisou.
Segundo o gestor, há uma vaga de UTI à espera do paciente em Barreiras. De acordo com o último boletim epidemiológico da Sesab, Bom Jesus da Lapa registra 30 casos de coronavírus.

Nenhum comentário