Recent

Luan Santana demite funcionários para que possam receber direitos trabalhistas

Após meses mantendo os trabalhadores, mesmo sem realizar shows por causa da pandemia de coronavírus, Luan Santana decidiu por demitir toda a banda e equipe técnica que lhe acompanha na estrada. A estratégia, conforme a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, é que os funcionários recebam os devidos direitos trabalhistas, já que foram contratados via CLT.
O objetivo é que os trabalhadores, que tinham carteira assinada, possam receber os valores trabalhistas para se manterem no período de crise. Com o fim da pandemia e retomada dos shows, os funcionários serão todos contratados novamente pelo artista.
Em nota, a assessoria de imprensa do cantor confirmou a demissão e destacou que todas as remunerações "foram garantidas todas as remunerações da equipe até 05 de agosto de 2020".
Veja o comunicado de Luan Santana:


Em razão da pandemia decorrente do novo coronavírus e da paralisação dos shows por tempo indeterminado, os departamentos jurídico e administrativo de Luan Santana concluíram pela necessidade de encerrar os contratos com sua equipe de estrada, que envolve banda, técnicos e produção.

Foram dispensados cerca de 20 colaboradores, que eram devidamente registrados e recebiam de acordo com a CLT. Foram garantidas todas as remunerações da equipe até 05 de agosto de 2020 e os acertos rescisórios compreendem todos os direitos previstos em lei, tais como férias, 13º salário, multa de 40% sobre o FGTS e entrega da documentação necessária para habilitação dos colaboradores no programa do seguro desemprego.
Vale ressaltar que Luan Santana manteve a equipe de estrada por cinco meses, apesar da total paralisação dos shows e da queda drástica de faturamento. E, com a esperança e o desejo de que o mercado artístico-musical se normalize o mais rápido possível, informa o intuito de priorizar futura recontratação de pessoas que já integram sua equipe.

Nenhum comentário