Publicidade

ANUNCIANTES

Fechamento da Ford Camaçari: Sindicato dos Metalúrgicos lamenta perda de 10 mil empregos na Bahia

Em reunião nesta tarde (11) o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari avaliou os principais impactos e medidas que serão adotadas em relação à decisão de fechamento da fábrica da Ford no município.

De acordo com Kleiton Alder, secretário de Imprensa e Comunicação do sindicato, em entrevista ao Bahia Notícias, a decisão da Ford deve provocar a perda de até 10 mil empregos na Bahia, entre empregos diretos e indiretos.

O Sindicato continua mobilizado, em reuniões se sucedem, com autoridades, dirigentes e trabalhadores da Ford, na busca de soluções para minimizar os impactos dessa decisão.

De acordo com os dirigentes sindicais uma assembleia será realizada amanhã (12) no final do turno, quando serão definidas as ações que serão efetivadas.

Nesta segunda-feira (11) a Ford anunciou o fechamento definitivo e imediato da produção de veículos em Camaçari (BA) e Taubaté (SP), informando ainda que até o final do ano será fechada também uma linha de produção no Ceará.

O Governador da Bahia, através de nota já havia lamentado o fechamento da fábrica na Bahia, prometendo ações para tentar substituir a Ford por outra montadora.

A Ford está no Brasil há cerca de 100 anos.

Da redação redeGN/ Foto divulgação Sindicato dos Metalúrgicos da Bahia

Nenhum comentário