#footer Carira(SE) está há seis meses sem registrar homicídios - REDE CONEXÃO VERDADE - Com você sempre a Frente!

Publicidade

ANUNCIANTES

Carira(SE) está há seis meses sem registrar homicídios


O município de Carira está há seis meses sem registrar homicídios, consequentemente não registrou nenhum crime deste em 2021. O dado positivo foi enfatizado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), que informou que o último crime contra a vida no município foi registrado em 13 de outubro de 2020.

Segundo a SSP, o dado positivo é fruto de um trabalho integrado realizado entre as polícias civil e militar, que atuam no município, no que diz respeito ao combate às ocorrências, bem como à investigação de ações delituosas.

Tanto o delegado da Delegacia de Carira, Alexandre Felipe, como o comandante da 2ª Cia do 3º BPM, que atua no município, o Capitão Wagno Passos ressaltam a importância dessa integração para os bons resultados, no que diz respeito a esse tipo de crime.

 “A troca de informações com a Polícia Militar é essencial. As equipes nos repassam informações que ajudam na investigação”, enfatizou o delegado.

“A redução dos índices de homicídios na cidade de Carira está diretamente relacionada ao trabalho integrado das Polícias Civil e Militar, que vem sendo realizado há mais de três anos na cidade”, confirmou o comandante da 2ª Cia.

Os dois também atribuem os dados positivos por tratarem a prevenção e investigações de homicídios como prioridade. A PM, em relação ao trabalho ostensivo, de policiamento nas ruas, abordagens e até mesmo o desarmamento e a civil, em relação à elucidação desses crimes, como uma resposta à sociedade.

“A Polícia Militar age em duas frentes básicas. A primeira é a intensificação do policiamento ostensivo nas áreas de maior incidência criminosa, feita com base nas informações repassadas pela Polícia Civil. A segunda, o aumento de abordagens às pessoas suspeitas, objetivando coibir a ocorrência de delitos, assim como impedir a circulação de pessoas armadas na cidade”, pontuou Wagno.

“Os crimes violentos letais intencionais são rigorosamente investigados. Pela consequência do delito, demanda uma rigorosa repressão. Damos prioridade total às investigações de homicídio”, ressaltou Alexandre.

Com informações da SSP/SE

Nenhum comentário