Publicidade

ANUNCIANTES

Corinthians sai na frente, leva virada e perde para Ferroviária por 2 a 1

Corinthians saiu na frente, mas levou a virada com um golaço e perdeu por 2 a 1 da Ferroviária, nesta terça-feira, na Fonte Luminosa, em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Paulista.

Camacho marcou para o Timão, enquanto Higor Meritão e Xandão fizeram os tentos da equipe do interior, em uma partida marcada por reclamações e polêmicas de arbitragem no 1º tempo.

Em campo, o Timão começou melhor, com Léo Natel, Otero e Luan criando ótimas chances até os 25 minutos do 1º tempo.

No entanto, depois disso a Ferrinha acordou e deu um susto enorme aos 33, quando Felipe Marques saiu cara-a-cara com Cássio e o arqueiro fez um milagre para evitar o gol.

Logo em seguida, o time de Araraquara chegou a marcar em chute de Everton, da entrada da área, mas o árbitro foi chamado ao VAR para revisão.

Após analisar o lance no monitor, o juiz interpretou que o zagueiro Xandão, que estava em posição de impedimento, atrapalhou a visão de Cássio, anulando o tento.

O fato revoltou os atletas da Ferroviária, que reclamaram muito, mas o placar seguiu mesmo no 0 a 0.

Pouco tempo depois, aos 42, foi o Corinthians quem abriu o placar, em lance que novamente teve polêmica.

Após ótima assistência de Luan, Camacho matou no peito e só colocou no cantinho de Saulo para fazer 1 a 0 para os alvinegros.

Novamente, os jogadores da equipe grená reclamaram muito, reclamando que, na origem do lance, o lateral-direito João Victor, do Corinthians, havia saído com a bola pela lateral.

O VAR até chegou o lance, mas, como nenhuma imagem de fato concluiu que a bola saiu inteira, o tento foi validado.

Na volta do intervalo, o técnico Pintado foi fazendo modificações na Ferroviária, e o time de Araraquara foi gostando cada vez mais do jogo.

Na pressão, a Ferrinha achou o empate aos 28, quando Xavier perdeu a bola para Rogério na área, Hygor cruzou para trás e Higor Meritão chegou batendo de chapa para estufar as redes.

Pouco depois, aos 33, Cássio fez mais uma grande defesa e evitou a virada dos mandantes, em batida do atacante Rogério, ex-São Paulo.

Mas quis o destino que o zagueiro Xandão, que havia "evitado" um gol dos grenás no 1º tempo, fosse o herói.

Já nos acréscimos, o zagueiro bateu falta de muito, mas muito longe. A bola fez uma curva incrível e morreu no fundo das redes de Cássio, que ficou imóvel.

O Corinthians ainda pressionou nos últimos lances em busca do empate, mas Saulo impediu. Dessa forma, o time de Vagner Mancini sofreu sua 1ª derrota no Paulista.

Nenhum comentário