Publicidade

ANUNCIANTES

Policial militar da reserva é morto a tiros em Tucano(BA); filha é suspeita de ter arquitetado o crime


O sargento da reserva da Polícia Militar, Pedro Xisto Oliveira de Souza, de 55 anos, foi morto a tiros dentro da casa onde morava, na Rua Ribeira do Pombal, no distrito de Caldas do Jorro, no município de Tucano, distante 83 quilômetros de Serrinha. Segundo a PM, o crime aconteceu na tarde de sábado (8), por volta das 13h.


Ainda de acordo com a PM, policiais militares foram acionados para uma ocorrência de vítima de disparo de arma de fogo. No local, a guarnição isolou a área e acionou o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para realização da perícia e remoção do corpo.


De acordo com o site local Gil Santos Notícias, o imóvel não apresentava sinais de arrombamento e apenas a arma da vítima foi levada, o que faz a polícia acreditar que o assassino teve livre acesso à residência, o que somente seria possível com o consentimento de algum morador.


O site informou ainda que a Polícia Civil cogita a hipótese de que uma filha do sargento – menor de idade – teria arquitetado o crime, mas não seria a autora dos disparos. O namorado dela, que também é suspeito de envolvido no crime, prestou depoimento e disse que a adolescente teria contratado pistoleiros para matar o próprio pai. O assassino de aluguel já foi identificado e teria cobrado R$ 600 pelo serviço.


Em nota de pesar, o Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL) informou que o sargento foi atualmente reintegrado às atividades, e que ingressou na corporação em 1992. "Enlutada, a Polícia Militar da Bahia presta as mais sinceras condolências. Manifestamos o mais profundo sentimento de solidariedade à família, colegas de trabalho e amigos", diz a nota.

A Polícia Civil segue investigando o homicídio. A motivação ainda não foi revelada.

Nenhum comentário