Publicidade

ANUNCIANTES

Operação da Polícia Civil cumpre mandatos contra grupo que ameaçou prefeita no interior da Bahia

A Polícia Civil realiza, na manhã desta quarta-feira, a operação Motriz para combater um grupo criminoso que ameaçou a prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga de Jesus (Republicanos). Esta é a segunda ação deflagrada pela Secretaria da Segurança Pública com o objetivo de localizar os autores.

A operação, liderada pela 4a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus), cumpre mandados de busca e apreensão, em imóveis na cidade de Cachoeira, na região do Recôncavo Baiano.

“Estamos com as equipes empenhadas na investigação das ameaças contra a prefeita. Nossa linha de apuração, inicialmente, aponta para a participação de traficantes”, declarou o titular da 4a Coorpin, delegado Joaquim Souza.

Na primeira operação, denominada de Cidade Heroica, dois traficantes foram presos e um terceiro comparsa acabou morrendo durante confronto.

O caso

 

Eliana Gonzaga recebeu ameaças de morte e ataques racistas após ter vencido as eleições. Gonzaga foi a primeira mulher eleita para o cargo no município. Além das ameaças à vida da prefeita, dois de seus correligionários foram mortos em crimes com indícios de execução.

Em maio, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves esteve em Cachoeira e colocou o Governo Federal à disposição para a proteção da vida e do mandato de Gonzaga.

Nenhum comentário