Publicidade

ANUNCIANTES

Rodrigo Maia diz que ACM Neto diminuiu o DEM e transformou o partido em moeda de troca com Bolsonaro

Após ser expulso do Democratas, o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia direcionou duras críticas a ACM Neto, presidente nacional da sigla, que até pouco tempo eram grandes amigos. Nas redes sociais, Maia disse o ex-prefeito de Salvador de tentar calá-lo e o chamou de “Torquemada Neto”.


“O DEM decidiu me expulsar de seus quadros. O presidente Torquemada Neto, usando o seu poder para tentar calar as merecidas críticas à sua gestão, tomou essa decisão. É lamentável o caminho imposto pelo Torquemada para o partido”, escreveu.

O ex-presidente da Câmara ainda acusou ACM Neto de “deslealdade” e “falta de caráter” ao contar que o partido virou “moeda de troca” junto ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Não só por isso, mas também pela sua deslealdade e falta de caráter, pedi a minha desfiliação. O partido diminuiu. Virou moeda de troca junto ao governo Bolsonaro. Agora é virar a página e juntar forças para um projeto de desenvolvimento do Brasil e em prol dos brasileiros”, completou.

Nenhum comentário