Publicidade

ANUNCIANTES

Grupo atacadista investirá R$ 1,7 bilhão em Pernambuco; primeiras lojas abrem em Petrolina

Quarto maior atacadista do Brasil, o grupo Mateus pretende investir, durante cinco anos, R$ 1,7 bilhão em negócios em Pernambuco. A porta de entrada do conglomerado será Petrolina com a abertura da primeira loja e uma central de distribuição no município sertanejo. A confirmação da chegada do grupo de atacarejo ocorreu, nesta quarta (14), numa reunião do prefeito Miguel Coelho com o governador Paulo Câmara e o empresário Ilson Mateus, no Palácio Campo das Princesas.

O grupo maranhense opera atualmente 200 empreendimentos, gerando mais de 40 mil empregos em seis estados do Norte e Nordeste. As negociações com a empresa foram lideradas pelo prefeito Miguel Coelho nos últimos dez meses. Em Petrolina, a expectativa é de geração superior a 1 mil empregos por meio da central de distribuição e de uma unidade “Mix Atacarejo”.

O plano de negócios do grupo Mateus, contudo, não ficará restrito à cidade sertaneja. O conglomerado pretende, depois da abertura dos empreendimentos em Petrolina, expandir suas operações para diversos municípios pernambucanos, gerando milhares de empregos diretos e indiretos.

De acordo com o prefeito Miguel Coelho, Petrolina terá um papel estratégico para o plano de expansão do grupo Mateus. “É uma grande notícia para Pernambuco. Quando começamos a negociar com o grupo Mateus, mostramos o potencial de nosso estado e como Petrolina pode ser importante como um polo de expansão e conexão logística com os outros municípios e estados. A partir do Sertão, o grupo Mateus vai se multiplicar por Pernambuco. Agora, é acelerar junto com o Governo do Estado as etapas de incentivos e licenciamentos para que esse grande investimento saia do papel rapidamente e milhares de pernambucanos tenham acesso a mais serviços e empregos”, comemorou o prefeito após o encontro com o governador e o empresário Ilson Mateus.

Nenhum comentário