Publicidade

ANUNCIANTES

Mãe e três filhos são presos em Maringá(PR) por envolvimento em golpe milionário

Uma mulher, de 48 anos, as duas filhas, de 22 e 26 anos, e o filho, de 20 anos, foram presos nessa quarta-feira,14, por suspeita de praticarem um golpe milionário em moradores de Maringá. O grupo vendia cartas de consórcio falsas. Segundo a Polícia Civil, pelo menos 20 vítimas já procuraram a Delegacia de Estelionato.

A Polícia Civil começou a investigar a família após várias pessoas procurarem a delegacia para registrar as denúncias de golpe. As vítimas compraram cartas de consórcio, deram entrada, mas nunca foram incluídas em nenhum grupo e cota. O valor da carta de crédito era o mesmo praticado pelo mercado e isso não gerava desconfiança nas vítimas. A família tinha uma loja física na Avenida Tamandaré, de acordo com a polícia.

Segundo o delegado que investiga o caso, Fernando Garbelini, a família fazia anúncios nas redes sociais oferecendo as cartas de crédito contempladas, mas eram todas falsas porque os clientes pagavam e não recebiam o crédito. 

“A pessoa dava uma entrada, ficava um saldo para pagar e receberia o crédito. O negócio é que essas cartas não existiam e eles se apropriavam dos valores dados de entrada e passavam a enrolar as pessoas pedindo prazo e mais prazo falando que o banco liberaria o crédito, mas não ia liberar. Ainda não temos a quantidade de vítimas porque é muita gente”, disse o delegado. 

Pelo menos 10 pessoas procuraram a delegacia até o momento e o delegado acredita que tenham mais vítimas pela cidade. Na casa da família foram apreendidos quatro veículos. A reportagem está tentando falando com a defesa dos suspeitos que estão presos na Delegacia de Maringá.

Outro grupo criminoso praticou golpe parecido em Maringá

Um outro grupo criminoso fez pelo menos 100 vítimas em Maringá no ano passado com um golpe parecido. Eles ofereciam cartas de crédito contempladas, pegavam o dinheiro das vítimas e nunca ofereciam o crédito. O grupo foi identificado e responde criminalmente pelo crime. 

Gmc Online

Nenhum comentário