Publicidade

ANUNCIANTES

Bahia perde para o Grêmio e chega ao sétimo jogo seguido sem vencer na Série A

O Bahia chegou, neste sábado (21), ao seu sétimo jogo seguido sem vencer no Campeonato Brasileiro. Apesar do bom primeiro tempo, uma única falha defensiva na etapa final foi o suficiente para quebrar a confiança tricolor e determinar a sexta derrota no período. Dessa vez, para o Grêmio, por 2 a 0. Os gols foram marcados por Borja e Diego Souza.

A partida foi a primeira do Esquadrão sem Dado Cavalcanti no banco de reservas. O técnico foi demitido após o revés para o Atlético-GO, na última rodada, e, diante dos gaúchos, quem comandou a equipe foi Bruno Lopes, responsável pelo time de aspirantes.

Diego Dabove, técnico anunciado para o lugar de Dado, assistiu ao duelo da arquibancada da Arena do Grêmio.

Na próxima rodada, o Bahia segue longe de Salvador. Vai enfrentar o Fluminense, no dia 30 de agosto, uma segunda-feira, às 19h. O confronto deve marcar a estreia de Dabove.

OBJETIVIDADE

O Bahia não fez muita questão de ficar com a bola no primeiro tempo, o que pode até ser considerado normal. Diante de um técnico Grêmio, fora de casa, a equipe comandada por Bruno Lopes de forma interina buscou ser muito objetiva em seus ataques, e fez uma boa etapa incial.

Logo no primeiro minuto, Conti lançou a bola para Nino, que encontrou Rossi na direita. Com liberade, o ponta entrou na área e finalizou cruzado com muito perigo.

Aos 9 minutos, Rodriguinho recebeu pelo meio e arriscou da intermediária, de esquerda. A bola passou com certo perigo ao gol de Gabriel Chapecó.

Aos 26′, após perder a bola, o Tricolor conseguiu recuperá-la rapidamente e armou uma jogada para Raniele. De muito longe, o jovem volante chutou e, após desvio na devesa adversária, deu certo trabalho para o goleiro gremista.

O problema é que essa objetividade sumiu um pouco na segunda metade do primeiro tempo. Rossi e Rodriguinho estiveram um pouco isolados lá na frente, e talvez um outro jogador de maior velocidade pudesse facilitar essa saída em direção ao gol do Grêmio.

Aos 42 minutos, o Tricolor Gaúcho conseguiu criar sua primeira boa chance, com Rafinha. De esquerda, o lateral direito chutou da entrada da área e Matheus Teixeira caiu para espalmar para escanteio.

A melhor chance do Bahia e do jogo veio aos 46 minutos. Após cruzamento de Lucas Mugni, Rodriguinho apareceu livre na área e cabeceou na trave. Por muito pouco, o Esquadrão não foi para o intervalo com a vantagem.

FALHA FATAL

Não demorou muito para que a animação do Bahia se desfizesse. O Grêmio abriu o placar com três minutos da segunda etapa. Rafinha cruzou na cabeça de Borja, que se aproveitou de uma falha defensiva e superou Nino facilmente pelo alto e estufou as redes de Matheus Teixeira.

Dois minutos depois, quase saiu o segundo, com Lucas Silva. Após erro de passe de Raniele, o Tricolor Gaúcho armou o contra-ataque e o volante finalizou com força de fora da área, para a boa defesa de Teixeira.

Alisson também teve sua chance de ampliar. Após novo erro de passe na saída do Bahia, a bola sobra para o atacante que, da entrada da área, chuta forte, próximo à trave direita do Tricolor Baiano.

Aos 20 mintuos, Gilberto deu uma entrada muito dura em Ruan, completamente fora da bola, e correu risco de ser expulso. O árbitro Caio Max Augusto Vieira apresentou apenas o amarelo.

O menino Raí quase fez história aos 26 minutos. Estreando no profissional, ele recebeu a bola dentro da área e, de esquerda, mandou uma bomba de primeira. Passou perto do travessão de Chapecó.

Um lance que ilustra bem a sina que perseguiu o Bahia durante todo o jogo: o quase.

Do lado gremista, o quase não teve espaço. Diego Souza fechou a conta aos 49 minutos do segundo tempo. 2 a 0.

FICHA TÉCNICA
Grêmio 2 x 0 Bahia
Campeonato Brasileiro – 17ª rodada
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Data: 21/08/2021 (sábado)
Horário: 19h
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores (ambos do RN)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Gols: Borja e Diego Souza (Grêmio)

Cartões amarelos: Gilberto (Bahia) / Lucas Silva (Grêmio)

Grêmio: Gabriel Chapecó; Rafinha, Ruan, Rodrigues e Cortez; Lucas Silva e Villasanti; Léo Pereira (Luiz Fernando) Douglas Costa (Jonathan Robert), Alisson (Fernando Henrique) e Borja (Diego Souza). Técnico: Felipão.

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Raniele (Jonas), Patrick (Raí), Mugni e Daniel (Maycon Douglas); Rossi (Rodallega) e Rodriguinho (Gilberto). Técnico: Bruno Lopes.

Nenhum comentário