PF diz que Bolsonaro cometeu crime em divulgação de documentos sigilosos; militar é indiciado

MAIS NOTÍCIAS:

Polícia Federal afirmou que o presidente Jair Bolsonaro teve "atuação direta, voluntária e consciente" na prática do crime de violação de sigilo funcional, que é a divulgação de documentos sigilosos aos quais teve acesso em razão de seu cargo, em conjunto com o deputado bolsonarista Filipe Barros (PSL-PR).

"Os elementos colhidos apontam também para a atuação direta,voluntária e consciente de FILIPE BARROS BAPTISTA DE TOLEDORIBEIRO e de JAIR MESSIAS BOLSONARO na prática do crime previstono artigo 325, §2°, c/c 327, §2°, do Código Penal brasileiro, considerandoque, na condição de funcionários públicos, revelaram conteúdo deinquérito policial que deveria permanecer em segredo até o fim dasdiligências, ao qual tiveram acesso em razão docargo de deputado federal relator de uma comissão no CongressoNacional e de presidente da república, respectivamente, conformehipótese criminal até aqui corroborada", escreveu a delegada Denisse Dias Ribeiro.

O relatório parcial foi enviado pela delegada em novembro ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, no qual a PF pediu autorização para tomar o depoimento do presidente.  

Esse depoimento ocorreria nesta sexta-feira, por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, mas Bolsonaro não compareceu ao ato marcado.

Além disso, a PF determinou o indiciamento do ajudante de ordens da Presidência, o tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid, pelo mesmo crime.

"Determino:a) O indiciamento de MAURO CESAR BARBOSA CID pela prática docrime previsto no artigo 325, §2°, c/c 327, §2°, do Código Penalbrasileiro, considerando que, na condição de funcionário público,revelou conteúdo de inquérito policial que deveria permanecer emsegredo até o fim das diligências (...), ao qual teveacesso em razão do cargo de Chefe Militar da Ajudância de Ordem daPresidência da República, conforme hipótese criminal até aquicorroborada", escreveu a PF.

A delegada escreveu que não indiciou Bolsonaro nem Filipe Barros apenas porque o STF impede o indiciamento de autoridades com foro privilegiado.

A conclusão do inquérito, diz a PF, dependeria apenas do depoimento do presidente, que ainda não ocorreu. "Resta pendente, entretanto, oportunizar a exposição do ponto de vista doSr. Presidente da República em relação aos fatos e aos elementos atéaqui obtidos, medida necessária para prosseguir no processo defustigação da hipótese criminal", escreveu a delegada.

De acordo com a investigação, o deputado Filipe Barros pediu à PF cópia do inquérito sobre o ataque hacker na condição de relator de uma Proposta de Emenda à Constituição sobre voto impresso. Mas, em vez de utilizar o material apenas para este fim, vazou o material para Jair Bolsonaro "a fim de municiá-lo na narrativa de que o sistema eleitoral brasileiro, devotação eletrônica, era vulnerável e permitiria fraudar as eleições, emborao escopo do inquérito policial no 1361 fosse uma suposta invasão a outrosistema do Tribunal Superior Eleitoral, não guardando relação com osistema de votação alvo dos ataques".

"Ato sequente, o Senhor Presidente da República promoveu, em conjuntocom FILIPE BARROS e com o auxílio do TC EB MAURO CID e outraspessoas, uma tive no dia 04 de agosto de 2021, onde revelaram dadoscontidos no inquérito, apresentando-o como prova da vulnerabilidade dosistema eleitoral e prova de que ele permite manipulação de votos. Alémdisso, por determinação do Sr. Presidente da República, MAURO CIDpromoveu a divulgação do conteúdo da investigação na rede mundial doscomputadores, utilizando seu irmão para disponibilizar um link de acessoque foi publicado na conta pessoal de JAIR MESSIAS BOLSONARO. Taisações permitiram que a cópia integral do inquérito fosse divulgada pordiversas mídias", apontou a PF.

Em manifestação de defesa apresentada ao Supremo, a Advocacia-Geral da União (AGU) afirmou que o inquérito não estava protegido por sigilo, por isso não haveria crime na divulgação desses documentos. A AGU citou depoimento do delegado Victor Campos, responsável pelo caso, que apresentou a mesma versão.

No relatório parcial apresentado ao ministro Alexandre de Moraes, entretanto, a delegada Denisse Dias Ribeiro escreveu que o inquérito policial era sigiloso.

>Siga o CONEXÃO VERDADE no InstagramTwitter e pelo Facebook

VOCÊ REPÓRTER$type=complex$count=6

Presenciou um fato importante que merece virar notícia? Tem um vídeo ou uma foto? A sua sugestão ou denúncia pode virar uma matéria no Conexão Verdade.com. Envie para o nosso WhatsApp (81) 98107-4700.
Nome

Adustina,15,Alagoas,81,Alagoinhas,7,Antas,4,Anuncie Aqui,1,Arapiraca,4,Augusta Diniz,2,Bahia,63,Brasil,212,Caderno Cultural.,2,Caruaru,2,Ceará,11,Cel João Sá,13,Cícero Dantas,7,Concursos,41,Contato,1,Cotidiano- São Paulo.,2,Delmiro Gouveia,3,Economia,134,Educação,40,Eleições 2020,45,Eleições 2022,12,Entreteniment,1,Entretenimento,298,Esporte,189,Euclides da Cunha,10,Fátima,3,Feira de Santana,6,Geral,4,Goiás,3,Interior da Bahia,223,Itabaiana,9,Jeremoabo,47,Juazeiro,5,Justiça,236,Lagarto,10,Maranhão,3,Maringá,1,Minas Gerais,18,Mundo,4,Notícias,125,Paraíba,13,Paraná,1,Paulo Afonso,43,Pernambuco,163,Petrolina,17,Piauí,7,Polícia,251,Política,371,Quem Somos,1,RÁDIOS,1,Regional,168,Religião,6,Ribeira do Pombal,20,Santa Brígida,1,São Paulo - Brasil. Utilidade Publica,1,São Paulo. Utilidade Pública,1,Saúde,31,Sergipe,172,Serra Talhada,8,Simão Dias,2,Últimas Notícias,190,Vitória da Conquista,4,
ltr
item
REDE CONEXÃO VERDADE - O portal de Notícias Líder em Pernambuco: PF diz que Bolsonaro cometeu crime em divulgação de documentos sigilosos; militar é indiciado
PF diz que Bolsonaro cometeu crime em divulgação de documentos sigilosos; militar é indiciado
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEg8x2Cq-2jK-UA09g_1sipdnRUM3k-mf16mwpHQpYwDHsPYGKRBBg4EEcZQdBgmcMb1mjnIL9KOOB5ULdKAJ-2Ipkg3EEZIHICJxK9i5WWyr5OA0tHg4t-rSKa2QprIDZPsK9TP51iHwnTygOACSOUpM27q1k2Lh6fduJDnMJZb0qLX-uXNb8eieNT7=s16000
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEg8x2Cq-2jK-UA09g_1sipdnRUM3k-mf16mwpHQpYwDHsPYGKRBBg4EEcZQdBgmcMb1mjnIL9KOOB5ULdKAJ-2Ipkg3EEZIHICJxK9i5WWyr5OA0tHg4t-rSKa2QprIDZPsK9TP51iHwnTygOACSOUpM27q1k2Lh6fduJDnMJZb0qLX-uXNb8eieNT7=s72-c
REDE CONEXÃO VERDADE - O portal de Notícias Líder em Pernambuco
https://www.conexaoverdade.com/2022/01/pf-diz-que-bolsonaro-cometeu-crime-em.html
https://www.conexaoverdade.com/
https://www.conexaoverdade.com/
https://www.conexaoverdade.com/2022/01/pf-diz-que-bolsonaro-cometeu-crime-em.html
true
6964906002310646831
UTF-8
Carregar todas as matérias Nenhum resultado encontrado. LEIA MAIS Leia mais Responder Cancelar resposta Apagar Por Início Páginas Matérias Ver todas Veja também Tópico Arquivo Busca Todas as matérias Nenhum resultado encontrado para sua busca Voltar ao início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Mai Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo Há 1 minuto Há $$1$$ minutos Há 1 hora Há $$1$$ horas Ontem Há $$1$$ dias Há $$1$$ semanas Há mais de 5 semanas Seguidores Siga ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar Table of Content