Recent

Polícia mineira faz reconstituição de acidente com ônibus que saiu do Sertão de Alagoas



A Polícia Civil de Minas Gerais realizou, na manhã desta quarta-feira (09), uma reconstituição do acidente com o ônibus que saiu do Sertão de Alagoas em direção a São Paulo, ocorrido em João Monlevade, região central de Minas Gerais.

A reconstituição faz parte do inquérito policial para investigar a responsabilidade do desastre, e que deixou 19 mortos e 27 feridos, todos naturais de municípios do Sertão de Alagoas. O objetivo é esclarecer os motivos que levaram o ônibus a cair do viaduto conhecido como "Ponte Torta", na rodovia BR-381, a uma altura de 35 metros.

A reconstituição contou com a participação do motorista que dirigia o ônibus no momento do acidente, Luiz Viana de Lima, que chegou ao local acompanhado por uma advogada. Durante o período dos trabalhos da polícia na rodovia, a PRF organizou o trânsito no sistema pare e siga no local da tragédia.

O delegado Diego Carvalho, que está á frente das investigações, já ouviu o depoimento de parte dos sobreviventes do acidente. Na terça-feira (08), enquanto as 19 vítimas fatais eram sepultadas nos municípios de Mata Grande, Delmiro Gouveia, Água Branca e Pariconha, o delegado esteve no Hospital Margarida, onde sete feridos, cinco homens e duas mulheres permanecem internados.

Segundo informações, os pacientes não correm risco de vida, mas não tem previsão de alta. Uma das mulheres internada está acompanhada de duas crianças, filhas dela, que não estão internadas.

Nenhum comentário