Publicidade

ANUNCIANTES

PM invade live de forró na Paraíba após denúncia de aglomeração e músico reclama

Uma live realizada pelo cantor de forró Raniery Gomes foi encerrada pela Polícia Militar da Paraíba, na noite de ontem. A apresentação durou quase duas horas, mas parou com a chegada dos policiais, que receberam uma denúncia de som alto e aglomeração.

 

A chegada dos PMs foi registrada pela equipe da live e também pelo cantor (veja o vídeo), que acusou a guarnição de invadir o imóvel, que fica na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa.

 

Nos vídeos, que foram parar nas redes sociais e viralizaram, o artista diz que o evento era solidário para arrecadar recursos para os músicos, que estão parados há quase um ano.

"Não tem aglomeração. Não tem som alto. O som está só nos fones. Mas vamos ter que encerrar a live senão a gente vai preso", disse Raniery Gomes, no vídeo.

As imagens mostram que, além do cantor e do apresentador da live, poucas pessoas da produção estavam no espaço.

"Eu vou lutar pela minha classe. Quem quiser que me prenda. Pode fechar o portão. Pode fechar e passar a chave que ninguém tem mandado para entrar aqui em casa", continuou o cantor em um dos vídeos.

O UOL entrou em contato com o cantor para comentar o caso. O artista disse que conversará com a imprensa ainda hoje.

Já a Polícia Militar da Paraíba foi procurada, mas não se pronunciou até a publicação desta reportagem.

Nenhum comentário