Publicidade

ANUNCIANTES

No Paraná organizadores de festa clandestina vão prestar serviços no cemitério

Segundo o Ministério Público (MP), duas pessoas responsáveis pela organização de uma festa clandestina em Nova Esperança vão prestar serviços comunitários no cemitério municipal da cidade, por seis meses, como forma de compensar os danos causados. A proposta de transação penal foi da 1ª Promotoria de Justiça da comarca.

A festa clandestina ocorreu no dia 3 de abril e, pelo que o MP apurou, dezenas de pessoas participaram e elas estavam sem máscara. 16 pessoas identificadas foram multadas em R$ 300 cada. O dono do sítio onde a festa foi realizada já tinha sido autuado e multado em R$ 5 mil. A transação penal é um acordo entre réu e Ministério Público que evita uma denúncia à Justiça.

O acusado aceita cumprir pena antecipada de multa ou restrição de direitos em troca do arquivamento do processo. Mas a medida só é aplicada em casos de menor potencial ofensivo.

O evento ocorreu em um sábado e, dias depois, vídeos feitos no local começaram a viralizar na internet. A festa foi descoberta depois que vizinhos do local denunciaram a aglomeração e os fiscais foram para o endereço com o apoio da Polícia Militar (PM).

Nenhum comentário