Recent

Flagrado em abordagem, idoso já usava documento de Frei Damião e Padre Cícero há 8 meses

O idoso de 62 anos que foi flagrado nessa terça-feira (10), em Paulo Jacinto, no interior de Alagoas, com uma falsa Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de Padre Cícero e Frei Damião, já pilotava uma moto há oito meses fazendo uso do documento. O próprio condutor fez tal revelação aos policiais, tendo em vista que ele dizia acreditar que tal documento era válido, inclusive em todo o território nacional.

De acordo com o comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), coronel Liziário Júnior, como trata-se de uma lembrancinha de viagem feita ao Juazeiro do Norte, no Ceará, o material não foi apreendido e segue de posse do idoso, que agora disse entender que se trata de um suvenir e não de um documento oficial.

O homem contou aos policiais que adquiriu a falsa CNH com os nomes dos religiosos em uma barraquinha na cidade turística do Juazeiro. Ele não disse aos policiais por quanto comprou o 'documento'.

“Quando o policial pediu a habilitação, ele abriu na maior das boas intenções, como se estivesse tudo certo”, disse o coronel Liziário. O documento, que era dupla-face, tinha o nome de Padre Cícero em um lado e de Frei Damião do outro, com datas de nascimento de 1844 e 1898, respectivamente. Ambos os documentos possuíam validade marcada como “indefinida”, e fotos dos ídolos católicos. “Eu nunca vi uma coisa tão hilária na minha vida”, disse Liziário.

Segundo ele, o senhor estava sem capacete e a moto não possuía placa ou retrovisor. “A gente fez a notificação. [...] Levamos a moto na carroceria até a residência dele, com ele e a criancinha dentro da viatura”, afirmou o comandante. Apesar da tentativa dos policiais de esclarecerem que o documento não era válido, o senhor ainda insistiu e questionou se a situação se tratava de uma piada.

Nenhum comentário