Publicidade

ANUNCIANTES

Globo se desfaz de gravadora e vende a Som Livre para Sony Music por R$ 1,4 bilhão

A Globo oficializou nesta quinta-feira (1º) a venda da gravadora Som Livre para a Sony Music Entertainment. A empresa foi criada em 1969, inicialmente para o lançamento de trilhas dos programas da TV Globo, e possui atualmente 80 artistas em seu elenco, como Marília Mendonça, Jorge & Mateus, Wesley Safadão, Lexa, Israel e Rodolffo

O presidente executivo da Globo, Jorge Nóbrega, explicou que a decisão de se desfazer da gravadora faz parte de um “análise detalhada do valor estratégico dos seus ativos”. A conclusão da aquisição está sujeita às condições regulatórias e de fechamento que incluem a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Segundo a empresa americana, a “Som Livre se tornará um centro criativo independente dentro da Sony Music que continuará a contratar, desenvolver e promover seu próprio elenco de talentos.” Marcelo Soares continuará como CEO da Som Livre.

Em novembro, quando divulgou a disposição de negociar a Som Livre, Nóbrega ressaltou que a venda não significa que a música deixa de ser relevante no portfólio do gru. Ele destacou a cobertura de festivais como Rock in Rio e o Lollapalooza, canais por assinatura, como BIS e Multishow, e programas como os da família The Voice, TVZ, Música Boa ao Vivo e outros.

Nenhum comentário