#footer Novo presidente do IBGE não garante realização do Censo em 2022 - REDE CONEXÃO VERDADE - Com você sempre a Frente!

Publicidade

ANUNCIANTES

Novo presidente do IBGE não garante realização do Censo em 2022


O novo presidente do IBGE, Eduardo Rios Neto, admitiu a possibilidade de o Censo Demográfico só ser realizado no próximo ano. Ao ser empossado no cargo, o gestor alegou que o instituto está preparado tecnicamente para realizar o levantamento, mas lembrou a questão orçamentária que deu origem ao imbróglio.

“Há um clamor social para que ele ocorra. Precisamos, contudo, aguardar se o orçamento de R$ 2 bilhões será recomposto, seja por via judicial ou pelo Congresso, para que todo o planejamento da operação censitária seja executado”, explicou Rios Neto.

Realizado a cada 10 anos, o Censo ocorreria em 2020, mas foi adiado em função da primeira onda da pandemia. Neste ano, novo adiamento, desta vez por corte dos recursos do IBGE para R$ 53 milhões na aprovação do orçamento federal. Na quarta-feira (28), o Supremo Tribunal Federal concedeu a liminar obrigando a realização da pesquisa este ano.

 

Rios Neto destacou, contudo, que, independente da recomposição do orçamento, já não será possível começar a coleta dos dados em 1º de agosto, como previa o cronograma inicial do Censo. “No atual momento, isso significa contemplar o adiamento do início da coleta para setembro ou outubro”, afirmou. Até a resolução da questão orçamentária, o órgão não vai realizar a seleção de recenseadores e agentes censitários.

Nenhum comentário